DAPI

A parceria com a Unicamp foi fundamental para que a Bio Brasil conseguisse desenvolver o escopo do Diagnóstico Automatizado de Parasitas Intestinais. A ideia, que primeiramente nasceu com a criação de um sistema capaz de fazer a coleta, o processamento, a filtração e a concentração das amostras, evoluiu integrando o time de computação da universidade, composto por especialistas em análise de imagens. “A parte do software foi completamente desenvolvida pela equipe de computação da Unicamp, já a parte do hardware, que é o que apresentamos na MEDLAB, foi um desenvolvimento conjunto entre nós da Bio Brasil e uma empresa parceira instalada em Chicago, nos EUA”, explica Freitas.

 

 

(*) – Produtos em processo de registro junto à ANVISA





Orçamento